Ir para o contedo

Amigos imaginários inspiram nova campanha de doações do Unicef

15 de agosto de 2013 | postado por Cinthya Leite

Ação sensibiliza para importância do desenvolvimento integral das crianças

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) acaba de lançar uma nova campanha de doações com o tema Amigos imaginários mudam realidades. A ação, que chama atenção para a importância do desenvolvimento integral das crianças, convida a gente a contribuir com atividades e projetos que ajudam a garantir os direitos da garotada.

A mensagem faz uma alusão à figura do amigo imaginário, que geralmente surge na vida da criança durante a primeira infância (até os 6 anos). Ele é uma espécie de companheiro para brincar e conversar sobre diversos assuntos, o que permite exteriorizar tristezas e alegrias.

Está comprovado cientificamente que, na primeira infância, a criança desenvolve grande parte do potencial mental que terá quando adulto. Dessa maneira, essa fase é considerada uma janela de oportunidades. A atenção integral nessa faixa etária influencia positivamente no sucesso escolar, no desenvolvimento, na autoestima e na formação das relações.

Assim, a campanha tem o intuito de mesclar o universo lúdico-pedagógico e a vida real. Ou seja, quando decidimos ser um amigo da criança e colaborar com o Unicef, temos a chance de ser esse amigo imaginário na vida real e que tanto ajuda no desenvolvimento infantil.

PARTICIPE!

É possível fazer a adesão através do hotsite (www.amigodacrianca.org.br) ou pelo envio de um SMS para 27146. Confira o vídeo da campanha:

Aproximadamente 6,9 milhões de crianças com menos de 5 anos ainda morrem mundialmente a cada ano (Foto: Stock.xchng)

A farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) e a Save the Children acabam de lançar o Healthcare Innovation Award, no valor de US$ 1 milhão para identificar e recompensar as inovações em cuidados de saúde que tenham comprovadamente êxito na redução da mortalidade infantil nos países em desenvolvimento.

Até 26 de agosto, organizações podem nomear exemplos de abordagens inovadoras que tenham descoberto ou implementado. O Healthcare Innovation Award é a primeira iniciativa conjunta a ser anunciada após o lançamento da parceria entre a GSK e a Save the Children, em maio deste ano, que pretende salvar a vida de 1 milhão de crianças ao longo dos próximos cinco anos.

Para se inscrever no prêmio, é necessário que as abordagens das instituições tenham resultados em melhorias tangíveis nas taxas de sobrevivência de crianças com menos de 5 anos, que sejam sustentáveis e que tenham o potencial de serem aplicadas em larga escala e reproduzidas.

O júri atribuirá a quantia de US$ 250 mil para a melhor iniciativa de inovação em cuidados de saúde para maior desenvolvimento do projeto. Um valor adicional de US$ 750 mil será disponibilizado para os demais finalistas.

O prêmio também proporcionará uma plataforma para as organizações vencedoras apresentarem as suas inovações e compartilharem informações com os interessados em melhorar os cuidados de saúde. Dessa maneira, é possível adaptar e reproduzir ações bem-sucedidas e que criam mudanças positivas para as crianças.

Embora se tenham feito bons progressos nos últimos anos, cerca de 6,9 milhões de crianças com menos de 5 anos ainda morrem mundialmente a cada ano.

Os critérios para a inscrição são abrangentes e podem incluir abordagens que se centram em qualquer aspeto dos cuidados de saúde, incluindo ciências, nutrição, investigação, formação ou trabalho em parceria.

Mais informações: www.innocentive.com/ar/challenge/9933399. As inscrições terminam no dia 26 de agosto, às 23h59 (GMT). Os vencedores serão anunciados em novembro deste ano.

Evento pretende atualizar profissionais que lidam com o envelhecimento de pessoas com deficiência (Foto: stock.xchng)

A expectativa de vida das pessoas com deficiência tem aumentado graças à prevenção, a cuidados de saúde e a avanços da ciência. Atento a esse cenário, o portal Inclui-PE promove o seminário Envelhecimento da Pessoa com Deficiência no próximo dia 26 de agosto, das 18h às 21h30, no Bloco Capunga da Faculdade Maurício de Nassau, no Recife.

“Queremos oferecer subsídios para aprofundamento e discussões teóricas, objetivando práticas que sejam mais efetivas ao atendimento desse público”, diz a coordenadora do evento, Mariana Layme.

A assistente social Robélia Lopes destaca a necessidade de atualizar os profissionais que lidam com o envelhecimento das pessoas com deficiência. Afinal, essa realidade gera novos desafios e obriga a dar respostas adequadas a necessidades específicas.

A mesa de abertura contará com a presença dos fisioterapeutas Carlos Britto e Carla Azevedo, do Studio Personale. Em seguida, o chefe da pessoa com deficiência da Prefeitura do Recife, José Iremar, falará sobre as ações desenvolvidas pela administração municipal voltadas para esse público.

As inscrições para o evento são gratuitas. O Bloco Capunga da Faculdade Maurício de Nassau fica na Rua Joaquim Nabuco, 778, no bairro das Graças, no Recife. Mais informações: 81 9638-3141.

"Há um conjunto de atitudes saudáveis capazes de combater as doenças cardiovasculares", diz Adalberto Lorga Filho (Foto: Divulgação)

Comemorado hoje (14/8), o Dia do Cardiologista serve para lembrar a adoção de cuidados preventivos, que evitam e mantêm sob controle as doenças cardiovasculares, como infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e arritmias cardíacas. O alerta vem da Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (Sobrac), que ressalta a importância do checkup.

“O exame mais comum é o eletrocardiograma, capaz de detectar, por exemplo, uma arritmia cardíaca. Também são indicados o teste de holter, o ergométrico e o gravador de eventos cardíacos”, diz o cardiologista e presidente da Sobrac, Adalberto Lorga Filho. Ele explica que, em alguns casos, sugere-se que o paciente se submeta a um estudo eletrofisiológico, feito através de cateteres para avaliação detalhada do sistema elétrico cardíaco.

Vale frisar que, entre os principais objetivos da Sobrac, está educar a população para a prevenção e a promoção de atitudes saudáveis. Nesse contexto, é fundamental implementar uma boa alimentação e evitar o estresse.

“A inclusão de hábitos saudáveis no cotidiano é fundamental. É importante passar longe do tabagismo, ter uma alimentação equilibrada, praticar exercício físico regularmente e ir ao cardiologista ou clínico geral. Todo esse conjunto é importante para combater as doenças cardiovasculares”, reforça Adalberto Lorga Filho.

Para quem nunca realizou uma consulta com um cardiologista (ou está com o checkup atrasado), a recomendação é procurar um profissional de confiança uma vez por ano, a fim de se submeter a exames essenciais para prevenir e evitar problemas que, diagnosticados precocemente, podem ser controlados.

É importante não bobearmos diante das doenças cardiovasculares porque elas são, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a principal causa de morte prematura em diversos países. Muitas delas poderiam ser evitadas.

Levantamento realizado pela Sobrac e pelo Departamento de Estimulação Cardíaca Artificial (Deca) revelou que mais de 21 mil pessoas são acometidas por morte súbita anualmente, só na cidade de São Paulo. Desse total de óbitos, 90% são decorrentes de arritmia cardíaca. E mais: estima-se que mais de 300 mil pessoas têm morte súbita por ano em todo o Brasil.

Colégio Fazer Crescer aposta em projeto que questiona e elabora soluções para que todos tenham alimentação saudável (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (15/8), o Colégio Fazer Crescer, no bairro do Rosarinho, no Recife, recebe uma equipe do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Casa Amarela, que dará continuidade ao projeto (Re)pense sua alimentação.

A ação, que foi implantada na comunidade escolar no primeiro semestre deste ano, tem como objetivo questionar e elaborar soluções para que todos tenham acesso a uma alimentação saudável.

Na ocasião, a equipe vai aferir a pressão arterial e a glicose dos funcionários e professores do colégio, além de orientá-los sobre as consequências da alimentação inadequada, que abre portas para doenças como diabetes, hipertensão e obesidade.

Alunos da Faculdade Frassinete do Recife (Fafire), parceiros da ação, farão a coleta de dados. A coordenadora do curso de ciências biológicas da Fafire, Dinabel Vilas Boas, que está à frente do projeto, informa que – após a análise dos resultados do projeto – será confeccionada uma cartilha educativa com dicas, informações e esclarecimentos sobre o consumo de alimentos saudáveis. A partir daí, será proposta uma reformulação no cardápio do colégio.

Tags:
campanha pela sade
Todas as informaes apresentadas neste blog esto disponveis com objetivo exclusivamente educacional. Dessa maneira, nosso contedo no pretende substituir consultas mdicas, realizao de exames e tratamentos mdicos. Sempre que tiver uma dvida, no deixe de conversar com o seu mdico, que o profissional mais adequado para esclarecer todas as suas perguntas. E nunca se esquea de que o direito informao correta essencial para a preveno e o sucesso do tratamento. E mais: o contedo editorial do Casa Saudvel no apresenta relaes comerciais com possveis anunciantes e patrocinadores do blog.